ANÁLISE PRÉVIA NOT TONIGHT

Eu tenho sentimentos confusos em relação ao Not Tonight. Para começar, é maravilhoso ver outro jogo inspirado em Papers Please, precisamos de mais simuladores burocráticos satíricos desse tipo. Seu objetivo em Not Tonight é evitar ser deportado pelo governo da extrema-direita que tomou conta do país. De sua casa no no Bloco realocado B, você encontra trabalho por meio de um aplicativo para smartphone e passa as noites certificando-se de que apenas o tipo certo de idiota entra nos muitos pubs, clubes e festivais do Reino Unido. Assim como em Papers Please, isso requer uma avaliação de seu ID e credenciais contra critérios definidos pelos empregadores.

 

 

Também como com Papers, Please, os desenvolvedores colocam escolhas morais a serem feitas. Por meio de suas escolhas sobre quem entra, quem sai e quais decisões você toma entre os empregos, pode alterar a situação política ao seu redor. Embora seja possível jogar e fazer exatamente o que seu governo e soberanos capitalistas desejam, não consigo me ver desistindo de uma chance de ajudar qualquer tipo de resistência.

Mas nem tudo são flores, após algumas semanas dentro do jogo comparações ficam inevitáveis com Paper Please. A UI não te ajuda, muitas vezes as letras das conversas ficam por cima dos documentos te fazendo perder um tempo precioso que pode lhe custar o dia de trabalho. Alguns critérios são confusos para perceber e lhe custam pontos e penalidades não por falta de atenção, mas sim por uma falta de capricho nos detalhes. No Paper Please eu sentia que estava evoluindo no jogo, aprendendo as regras, otimizando as entrevistas e em cada jornada sem sucesso a frustração era pessoal, era culpa minha ter deixado passar instruções bem explicadas e claras. Em Not Tonight é um pouco diferente, sua frustração vem de perder dias de trabalho e ser penalizado por erros do jogo, bugs.. , escolhas equivocadas da equipe de desenvolvedores… entre outros. Lembrando de um desses detalhes, a conversa com alguns clientes acontece de forma automática e em outras conversas o botão do mouse deve ser clicado em cada frase, o jogo te castiga em todo momento por uma interface mal otimizada.

Caso você curta a ideia do jogo e consiga se adaptar e passar dessa barreira, tem um história bem interessante por trás dele e as decisões morais realmente afetam os personagens ligados a você no jogo, você pode encontrar à venda na Steam e no GOG.

Gostou do site, curta, compartilhe e se inscreva para receber as novas postagens por email.

 

Gostou do site? Siga, curta e compartilhe.